Olá {{nome}}
Logout
Ao vivo:
Próximo

Por Denian Couto

As revelações da primeira pesquisa ao governo do Paraná

Denian Couto avalia a intenção de voto dos paranaenses

Autor: Denian Couto
A sondagem de intenção de voto dos paranaenses foi realizada pelo Instituto IRG de Pesquisas (Foto: Foto: Marri Nogueira/Agência Senado/Wikipedia)
A sondagem de intenção de voto dos paranaenses foi realizada pelo Instituto IRG de Pesquisas (Foto: Foto: Marri Nogueira/Agência Senado/Wikipedia)

O instituto IRG Pesquisas realizou a primeira sondagem de intenção de votos dos paranaenses desde as convenções que definiram oficialmente candidaturas e coligações. Publicada nesta quarta-feira (15) pelo jornal Bem Paraná, a pesquisa estimulada apresenta os seguintes números:

Ratinho Junior (PSD) 45%
Cida Borghetti (PP) 20,2%
João Arruda (MDB) 7,1%
Dr. Rosinha (PT) 3,9%
Professor Piva (PSOL) 2,2%
Jorge Bernardi (Rede) 1,8%
Ogier Buchi (PSL) 1,5%
Priscila Ebara (PCO) 0,3%
Ivan Bernardo (PSTU) 0,2%
Geonísio Marinho (PRTB) 0,1%
Nenhum 11,4%
Não sabe 6,3%

O IRG ouviu 1.250 eleitores em 75 cidades paranaense, entre os dias 9 e 14 de agosto. O grau de confiança é de 95%. A pesquisa está registrada no TSE sob o número PR-09806/2018.

Minha interpretação da pesquisa em cinco tópicos

1) Com a desistência de Osmar Dias (PDT), Ratinho Junior consolida o favoritismo e aparece hoje com expressivos 45%;
2) Apesar do índice do candidato do PSD, não creio que a eleição será decidida em apenas um turno. Pelo maior tempo de TV e aliança mais robusta, Cida Borghetti deve crescer com o início da propaganda em rádio e televisão;
3) Da mesma maneira, pela estrutura do MDB, João Arruda deve subir na preferência do eleitor. A favor dele (e contra ele) está o fato de ser sobrinho do senador Roberto Requião;
4) Entre os demais candidatos, Dr. Rosinha também deve subir, pois o tamanho do petismo no Estado não é restrito a 3,9%;
5) Se a candidatura de Ogier Buchi for confirmada pelo PSL e o presidenciável Jair Bolsonaro abraçá-la verdadeiramente, haverá um crescimento de suas intenções de voto ao natural.

Última observação

Os debates e entrevistas de rádio e TV cumprirão papel determinante nessa eleição. O pleito terá menos campanha de rua e maior concentração de energia na mídia tradicional e na internet. O dinheiro está mais curto.

O que achou desta matéria

  1. Péssima
  2. Ruim
  3. Regular
  4. Boa
  5. Excelente

Média dos leitores 4,0

  • Comentário via facebook
Leia também:

Por Jorge Jubrail

Lei 8666 precisa ser revista

Por Jorge Jubrail