Olá {{nome}}
Logout
Ao vivo:
Próximo

Por Alex Kunrath

Alex Kunrath: Marketing Tradicional x Marketing Digital

Com uma base sólida de conhecimentos, tanto teóricos como práticos, conquistada em mais de 10 anos de consultoria, Alex Kunrath é um dos articulistas mais lidos do Brasil e referência em processos de Consultoria e Reestruturação Empresarial

Autor: Alex Kunrath
Alex Kunrath acaba de entrar para o time de colunistas do Portal RIC Mais (Foto: Arquivo Pessoal)
Alex Kunrath acaba de entrar para o time de colunistas do Portal RIC Mais (Foto: Arquivo Pessoal)

Em um cenário onde 80% dos produtos lançados mundialmente fracassam, o lógico é esperar por mudanças na área de marketing. Porém, o que vemos é uma mudança de linguagem e termos, evocando a falência do marketing tradicional em favor do marketing digital.

Mas qual a grande mudança que o marketing digital trouxe ao mundo dos negócios? Houve uma mudança no quadro de fracassos de lançamentos? As empresas estão se tornando menos suscetíveis aos avanços da concorrência? O marketing digital traz em si a fórmula da lealdade do consumidor?

Antes de responder essas questões, vamos analisar o que é marketing digital:

“Com a evolução da tecnologia da informação e da comunicação, especialmente a internet, o marketing evoluiu para o chamado marketing eletrônico, e-marketing ou marketing digital, conceito que expressa o conjunto de ações de marketing intermediadas por canais eletrônicos, como a internet, em que o cliente controla a quantidade e o tipo da informação recebida” FONTE: LIMEIRA, Tania Maria Vidigal.E-Marketing: O marketing na internet com casos brasileiros. São Paulo: Saraiva, 2003.

Você até pode se perguntar: “ok, mas e a definição da AMA (American Marketing Association), instituição que define o marketing no mundo?” caro leitor, a AMA não diferencia Marketing entre “tradicional” e “digital”.

Portanto, agora podemos responder as questões acima: O marketing digital não soluciona as “lacunas” do marketing tradicional.

Mas afinal, o que isso quer dizer?

Isso quer dizer que a lacuna não está na teoria, está na aplicação das ferramentas de marketing. Simplesmente não existe solução mágica. O marketing digital não é o El Dorado da gestão de marketing, é o marketing instrumentalizado por ferramental tecnológico-virtual.

E por que 80% dos produtos lançados fracassam?

O que nós podemos dizer com certeza é que o comportamento dos consumidores mudou muito nas últimas duas décadas. O marketing de massa não é mais efetivo para a busca de novos clientes, muito menos para fidelização dos atuais. Os clientes estão mais exigentes, possuem mais informações e estão prontos para decidir o que consideram justo em uma relação com uma empresa. O que leva a uma conclusão óbvia: são as organizações que não estão se adaptando aos novos perfis dos clientes.

Perceba: não são as ferramentas tecnológicas que irão alicerçar o sucesso no lançamento de produtos. A chave está na inteligência e na capacidade de elaborar estratégias de sucesso por parte dos gestores.

A tecnologia traz ganhos de velocidade, de acesso a informações e na interação com clientes e colaboradores para as organizações, mas informação não é igual a conhecimento. O que muitos gestores fazem erroneamente é validarem informações colhidas no mercado, sem efetuar a devida análise, e partirem para a utilização de ferramentas de marketing, baseando-se no que “o mercado está fazendo”.

Essa maneira atabalhoada de fazer gestão está se impregnando nas organizações. Diversos “gurus” do marketing digital estão trazendo receitas pré-prontas para as organizações e incrivelmente estas estão comprando a ideia de customizar suas relações com seus clientes.

A poucos parágrafos eu afirmei que o marketing de massa não funciona mais. E isso parece estar claro para os empresários. O que perceptivelmente não estar claro é que esses mesmos empresários estão adquirindo ferramentas virtuais de customização de relacionamento com clientes, ou seja, estão repetindo o marketing de massa agora com uma roupagem “digital”.

Caro leitor, eu não quero que você encare a posição por mim defendida aqui como um “manifesto contra a utilização da tecnologia”, pois eu mesmo sou um utilizador assíduo de ferramentas tecnológicas em meus projetos. O que quero que fique claro para você é que a tecnologia não irá solucionar os seus anseios e nem sanar isoladamente as dificuldades da sua organização. Não existe mágica em marketing e vendas. É a inteligência dos criadores e as muitas horas de planejamento envolvidas que justificam as estratégias de sucesso no marketing contemporâneo.

As reflexões aqui debatidas se baseiam no conteúdo do curso Estratégias Comerciais Avançadas, considerado por especialistas a base dos novos negócios no Brasil.


O que achou desta matéria

  1. Péssima
  2. Ruim
  3. Regular
  4. Boa
  5. Excelente

Média dos leitores 0,0

Política de
comentários

comentários

Leia também:

Por Guilherme Osinski

Por Fernando Zimmer

St. Patrick's Day