Olá {{nome}}
Logout
Ao vivo:
Próximo

sem tratamento

Obra de R$ 20 milhões não trata esgoto de Sarandi

Em Sarandi uma obra que custou mais de 20 milhões de reais só serve pra armazenar esgoto e não tratar. Um caminhão é utilizado para fazer o processo manualmente.


(NR)

O superintendente da autarquia Águas de Sarandi, Michel Caldato, informou ao nosso repórter por telefone que já foram contratados por meio de concurso seis funcionários. Três deles já estão em treinamento para iniciar os trabalhos. São 2 operadores de estação de tratamento, 2 vigias, 1 técnico de laboratório e 1 gerente de estação. Até dezembro todos estarão trabalhando no local o que vai garantir o pleno funcionamento da estação. Com relação ao vandalismo, o reparo dos danos está em fase de licitação e vai custar mais de 1 milhão de reais para recuperar tudo. O prazo é dezembro também.