Investigação

Polícia prende um dos suspeitos de triplo homicídio no Tatuquara


Redação RIC Mais com Polícia Civil

Policiais da Delegacia de Homicídios de Curitiba prenderam no final da tarde da última quinta (7) um dos suspeitos de participar de um triplo homicídio ocorrido na noite de quarta-feira (6) no bairro Tatuquara, em Curitiba. Rogério Pereira, 30 anos, foi localizado na mesma região onde aconteceu o crime.

Segundo o delegado Danilo Zarlenga, o outro responsável pelo crime, o irmão de Rogério, Rafael Pereira, fugiu, provavelmente para São Paulo, usando um veículo Clio vermelho de seu sogro e continua sendo procurado.

Zarlenga explicou que o motivo para o triplo homicídio foi o desentendimento por causa de um motor abandonado. A peça foi abandonada em um depósito de entulhos na região e uma das vítimas do crime tomou posse do motor, que posteriormente foi reclamada por um dos suspeitos de cometer o crime. “Os irmãos chegavam a ir armados na casa da vítima para fazer ameaças”, contou Zarlenga.

Álibi furado
O sogro de Rafael foi ouvido na delegacia e contou inicialmente que os dois irmãos estavam junto com ele, a filha e neta no culto, na hora do crime. “A história estava estanha, voltamos até o local do crime e conversamos novamente com o homem. Desta vez ele contou que mentiu a pedido dos dois irmãos e que em eles nunca estiveram na igreja naquela noite. Aí o Rogério nos contou como tudo aconteceu. Agora vamos seguir na busca pelo Rafael”, explicou o delegado.

Confira matéria exibida pelo programa Cidade Alerta:

Comentários no Portal (0)



Comente pelo Facebook