Curitiba

Paraná vence e assume a liderança; Furacão perde e é o décimo

Coritiba derrotou o Foz, atual lanterna da competição, com apenas um ponto

Robson Mafra, paranaclube.com.br

Enquanto o Paraná Clube venceu o JMalucelli em casa por 1 a 0 e se isolou na liderança do estadual, o Atlético-PR foi derrotado fora de casa pelo Prudentópolis por 2 a 1 e terminou a rodada como 10o colocado, acima apenas do PSTC e do Foz na tabela.

Os dois jogos foram neste domingo, pela quarta rodada da competição. O Paraná está com 9 pontos, e o Atlético, com 3, mas com um jogo disputado a menos que a maioria dos clubes.

O Paraná foi campeão estadual pela última vez em 2006, e desde 2008 joga a Série B do campeonato brasileiro sem terminar próximo dos quatro clubes que sobem para a Série A - a melhor colocação foi um 7o lugar, em 2010; no ano passado, o time ficou em 15o.

O começo de 2017, porém, está promissor. Além de liderar o paranaense, o time acaba de passar de fase na Copa do Brasil.

O Furacão, por sua vez, acaba de avançar na Copa Libertadores e agora enfrenta o Deportivo Capiatá, clube paraguaio. 

Outros resultados

No sábado, o Coritiba (7 pontos) teve dificuldades para vencer o lanterna Foz (1 ponto) por 2 a 1 no estádio Couto Pereira, na capital, mas subiu na tabela e está em 4o.

Jogando na tarde deste domingo em casa, no Estádio do Café, o Londrina venceu o PSTC por 3 a 0, conseguindo sua primeira vitória no estadual. Como o Atlético-PR, o Londrina tem um jogo a menos na competição. 

Os times logo atrás do Paraná Clube na liderança são o Prudentópolis (8 pontos) e o JMalucelli (7), justamente o derrotado nesta rodada pelo time da capital.

O regulamento do paranaense

Os 12 times se enfrentam em turno único. Os oito mais bem classificados formam as quartas de final e os dois últimos caem para a segunda divisão paranaense. As quartas de final, a semifinal e a final terão jogos de ida e volta no sistema mata-mata. Em caso de igualdade de saldo de gols, a classificação nessas fases será decidida nos pênaltis.

Envie seu comentário

Comentários (0)

Atlético Paranaense conhece adversário da próxima partida pela Libertadores

Time de Curitiba vai jogar contra o paraguaio Deportivo Capiatá, que tirou o Universitario, do Peru da competição

Foto: CAP

Um dia depois da dramática classificação, o Atlético Paranaense conheceu nesta quinta-feira (10) quem será seu adversário na terceira fase preliminar da Copa Libertadores, a última antes da fase de grupos da competição continental. O time de Curitiba vai jogar contra o paraguaio Deportivo Capiatá, que tirou o Universitario, do Peru da competição.

Para enfrentar o Atlético Paranaense, o Deportivo Capiatá se saiu de forma surpreendente. Na ida, no Paraguai, o Universitario venceu por 3 a 1 e só precisa administrar a vantagem em Lima. Mas o time paraguaio jogou melhor, mesmo como visitante e criou inúmeras chances. Fez 2 a 0 no primeiro tempo com dois gols do atacante Gamarra e obteve o gol da classificação com Pérez, aos 21 minutos da segunda etapa.

O Atlético terá de decidir a vaga na competição fora de casa. Na próxima quarta-feira, o duelo será na Arena da Baixada, em Curitiba. O jogo da volta será uma semana depois na cidade de Capiatá, que fica a cerca de 20 km da capital Assunção. Quem passar estará no Grupo 4 junto com Flamengo, Universidad Católica (Chile) e San Lorenzo (Argentina).

Envie seu comentário

Comentários (0)

Com muito sufoco, Paraná Clube garante vaga na Copa do Brasil

Gol só veio aos 46 minutos do segundo tempo

Jogadores comemorando classificação no vestiário (Foto: Irapitan Costa)

O Paraná Clube garantiu sua vaga na segunda fase da Copa do Brasil, com muito sufoco, após um gol nos acrescimentos nesta quarta-feira (8).  

São Bento abriu o placar no início do jogo, no estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba, em uma cobrança de falta, sem chance de qualquer defesa para o goleiro tricolor. Com vantagem, o time abriu mão da partida no segundo tempo, deixando o Paraná dominar.

O tricolor partiu para o ataque e com menos de 1 minuto, Renatinho Viana já chegou perto do gol, pela linha de fundo. Aos 31 de falta, o meia paranista obrigou o camisa 1 do São Bento a grande intervenção. No escanteio, Viana voltou a trabalhar num belo chute de Diego Tavares.

O alívio para os paranistas só veio aos 46 minutos, quando Renatinho, sozinho, escorou o cruzamento preciso de Diego Tavares. O 1x1 com o São Bento, coloca o time do técnico Wagner Lopes na próxima etapa da competição, onde irá encarar o vencedor de Sergipe e Bahia.

“Não foi fácil. Já esperávamos isso, mas preciso agradecer a luta, o empenho desses meninos. Tenho certeza que o torcedor está muito orgulhoso deste time”, disse Wagner Lopes.

Leia mais

Atlético-PR bate Millonarios nos pênaltis em partida de volta na Colômbia

Envie seu comentário

Comentários (0)