Curitiba

Veja dicas de como reivindicar correção do valor do FGTS

carteira-de-trabalho-smc.jpg

Todos as pessoas que tiveram contrato formal de trabalho entre os anos de 1999 e 2013, inclusive aposentados e pessoas que já tenham sacado o benefício, podem entrar na Justiça para pedir correção do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).

Segundo avaliação do Supremo Tribunal Federal (STF), no período o Fundo passou a ser reajustado através da chamada Taxa Referencial (TR), que ficou abaixo da inflação e não acompanhou os demais índices de correção. Com isso, o poder de compra não teria sido recuperado e os trabalhadores recebido menos do que deveriam.

De acordo com algumas entidades de classe, que têm se organizado e entrado com processos coletivos em prol de seus associados, as perdas podem chegar a 88% dos valores depositados.

O primeiro passo para reivindicar o reajuste é juntar documentação referente aos depósitos já efetuados e procurar um advogado especializado em processos trabalhistas, levando cópia do RG, CPF, carteira de trabalho, comprovante de residência e extrato do FGTS (solicitado na Caixa Econômica Federal). O processo não é aberto contra a empresa em que se trabalha ou onde trabalhou, mas sim contra o governo Federal, que é quem arrecada o Fundo de Garantia.

Confira matéria exibida pela RICTV Record:

Confira entrevista com advogada exibida no programa Paraná no Ar:

Envie seu comentário

Comentários (0)

Prefeitura começa a enviar os carnês do IPTU na próxima segunda

A partir da próxima segunda-feira (6) começarão a ser distribuídos os cerca de 600 mil carnês do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) de Curitiba, segundo informações da prefeitura. A expectativa de arrecadação para este ano é de R$ 485 milhões, o que representa um aumento de 8% em relação ao exercício de 2013. O contribuinte que optar pelo pagamento à vista até o dia 10 de fevereiro terá um desconto de 6%.

O IPTU de Curitiba para o exercício de 2014 será reajustado em 5,77%. O aumento é medido pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) acumulado nos últimos 12 meses.

Quem optar pelo parcelamento, poderá pagar o IPTU em até dez vezes, entre os meses de fevereiro a novembro, com vencimentos entre os dias 11 e 15 de cada mês. Para os pagamentos em débito automático, a primeira parcela vencerá no dia 21 de fevereiro e as demais sempre no dia 15 de cada mês.

Os contribuintes devem ficar atentos para os prazos de pagamento, pois sobre o tributo recolhido após o vencimento incidirá juros de 1% ao mês, atualização monetária mensal com base no IPCA e multa de 0,33% ao dia, limitada a 10%.

Envie seu comentário

Comentários (0)

Apesar de bom desempenho em dezembro, venda de veículos cai 2,29% em 2013

concessionaria.jpg

As vendas de veículos automotores por concessionárias ao mercado interno caíram 2,29% em 2013, na comparação com 2012, totalizando 5,458 milhões unidades no ano. A queda foi puxada pelo fraco desempenho do segmento automóveis, com recuo de 3,05%, na comparação com o ano anterior. Já a comercialização de caminhões e ônibus cresceu em média 14,36%.

O resultado ficou acima do previsto pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores, a Fenabrave que previa queda nas vendas da ordem de 1,52%.

Apesar do recuo, o desempenho de dezembro foi bom, com crescimento de 16,03% sobre novembro e com estabilidade na comparação com dezembro de 2012. No último mês do ano, muitos consumidores anteciparam as compras de veículos, diante da expectativa de gradual redução dos descontos do Imposto sobre Produto Industrializado (IPI).

Envie seu comentário

Comentários (0)