Novo corpo encontrado em Chopinzinho pode ser de criança indígena


O corpo encontrado nesta segunda-feira (29), até então da criança indígena desaparecida desde 14 de abril, pode não ser do menino.

De acordo com o delegado Sérgio Cantarelli, de Chopinzinho, foram encontrados restos mortais que podem ser da criança desaparecida. O novo corpo estava em uma localidade próxima da qual o garoto sumiu.

A Polícia não confirmou se o corpo é do menino, pois ainda será feito o exame de DNA para identificar de quem é o corpo. Não foi informada a data do exame.

O delegado disse que nada está confirmado. “Não há pistas sobre o suspeito, assim como não há confirmação de rapto da criança”, afirmou Cantarelli.

A criança desaparecida se chama Gabriel Tupã de Quadros e tem três anos. O menino, que é de uma aldeia próxima a Chopinzinho, estava na BR 373 quando supostamente foi raptado por um homem que parou um carro preto e ofereceu doce a criança, que ao buscar, foi levada pelo suspeito. Gabriel brincava no local com o irmão de cinco anos.

A polícia aguarda o laudo da causa da morte do corpo encontrado.

Redação RIC Mais Cascavel




Envie um comentário


Comentários (0)